Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



NOCHEVIEJA, MADRID, ESPANHA

por mmsfr, em 01.01.06

Hoje conhecemos…a “Nochevieja” em Madrid.


A primeira vez que aqui estive foi por um dia, não deu nem para “respirar” um décimo daquilo que Madrid realmente nos oferece.
A passagem de ano pareceu-nos um bom pretexto para visitar e conhecer um pouco melhor a cidade, nem o frio nos assustou, veste-se mais um casaco. Chegámos ontem á noite, o nosso hotel é mesmo no coração da Gran Via o que deu para ainda ir ao Lizarran na rua de trás e passear um pouco pelas movimentadas ruas adjacentes, andámos até á Puerta del Sol.
Esta noite o ambiente estava diferente, vemos mais negócios fechados nomeadamente restaurantes, cometamos a assustar-nos, procuramos e nada, não havia nenhum local aberto para comer. Que estranho? “Nochevieja” e não encontramos onde comer? Falamos com um amigo espanhol que estava fora, explica-nos que passam muito em casa com a familia e depois vão para rua!
Estávamos a ver que nos lixávamos mas a caminho da Cava Baja encontrámos um tasco, bem tasco com um senhor e uma criança a servirem na barra. Tudo o que lhe pedíamos ele fazia…no microondas, bendito equipamento que lhe servia para tudo: “chorizo” asado, aquecia os calamares pré-fritos, umas patatas bravas e muito pão a descongelar. Nisto acabamos por travar conhecimento com outros estrangeiros que enchiam o tasco por esta altura talvez tão surpreendidos como nós por não encontrar locais para comer.

 


A caminho da Puerta del Sol encontramos uns chineses a vender champanhe…já tinhamos todo o equipamento de “fiesta”, as perucas compradas na Plaza Mayor e a garrafa de champanhe ou melhor os copos, porque a policia confiscava a garrafa e trocava por copos de plástico.
Foi uma grande passagem de ano, aos saltos na rua porque o espectáculo na Puerta del Sol, baseia-se em luzes e música colocada por um DJ, nada mais.
Mas…
Obrigada Puerta del Sol, mesmo que a "fiesta" tenha sido só até á 1h da manhã, foi uma noite que nunca esquecerei.

Obrigada Madonna, porque apesar de não ser a tua melhor fã, vibrei ao ouvir o teu: "Time goes by so slowly, time goes by...", dancei e dancei, até me esquecer do frio, se calhar o grande copo de plástico com champanhe também ajudou.
Obrigada chineses que vendem champanhe á entrada da Puerta del Sol e obrigada organização que nos faculta copos de plástico para não arriscarmos a levar com alguma "botella" na tola.
Obrigada tasca da Plaza Mayor, a única que estava aberta na "Noche vieja" que depois me disseram ser normal porque os espanhóis comem em casa...What???? O senhor da tasca já não aguentava coitado, cheio de estrangeiros famintos e só ele mais o filho, cuja idade duvido que o permitisse estar ali á noite quanto menos a trabalhar.
Obrigada pelas tapas que o senhor, muito stressado lá ia pondo e tirando do microondas.
Feliz Ano Novo 2006!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:07




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Janeiro 2006

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031