Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PALÁCIO REAL DE ARANJUEZ, ESPANHA

por mmsfr, em 03.10.10

Hoje conhecemos...Palácio Real de Aranjuez em Espanha.

Estando em Madrid e a 40 minutos de Aranjuez, era inevitável visitar esta cidade classificada Património Mundial da UNESCO.

Confesso que esta nossa primeira visita não foi muito bem planeada em termos de tempo porque sem dúvida que o seria interessante visitar o interior do Palácio e acabámos por ficar mais tempo nos jardins. O sol não sorria e creio que eles ganhariam mais esplendor se assim fosse.

De qualquer forma deu para conhecer um pouco mais e desejar uma próxima visita em breve. 

Logo quando paramos o carro apercebemo-nos da dimensão do Palácio Real de Aranjuez, que é sem dúvida a sua principal atracção.

A sua construção deve-se ao rei Felipe II, mas não foi no seu reino que se completou o Palácio uma vez que o arquitecto responsável pela mesma morreu antes de a terminar. Vários reis revelaram o seu interesse na construção e ampliação que fazem deste Palácio o que é hoje. 

Do lado direito do Palácio vemos a Casa de Oficios y Caballeros, onde se alojava a nobreza quando seguiam os reis até Aranjuez.

Mas antes mesmo de visitar esta zona e pela hora que era fomos comer. Pelo caminho encontrámos uma Praça que numa das extremidades tinha a Igreja de Santo António

Admito que nem tinha percebido que era uma igreja, não tem o traçado tradicional de uma. Num dos lados da praça está o Jardim de Isabel II e depois caminhámos por uma arcada nas traseiras da Casa dos Oficios para chegar aos jardins do Palácio.

Entrámos pelo Jardim del Parterre

Nesta zona do jardim podemos ver o rio Tejo e para além de uma colorida variedade de flores, não faltam as estátuas e as fontes.

A primeira que vemos quando entramos é de Hércules e Anteo, mas no centro do Jardim está uma das poucas activas com os vários repuxos de água. Trata-se da Fonte de Ceres

No centro está a Deusa Ceres que na mitologia grega representava o amor maternal e era também a deusa das plantas, dizem que o termo cereal deriva do seu nome. 

Seguimos pelo lado direito onde entramos no Jardim da Isla/Ilha, que ganha este nome por estar rodeado pelo Tejo.

A sua dimensão é impressionante e aqui estamos já numa zona com arvoredo mais cerrado, ideal para refrescar suas Altezas Reais. 

Não faltam as estátuas alusivas á mitologia grega como a de Hércules e Hidra, ou mesmo a fonte de Vénus, na qual a água saía pelo seu cabelo.

Pela sua beleza, imagino que no dia dos Namorados tenha uns quantos visitantes, romance não lhe falta.

 

 

Depois de andarmos pelo jardim apercebemo-nos que já seria tarde para uma visita ao interior, passámos apenas na Praça de Armas onde vemos a entrada principal do Palácio. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:34




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31