Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



EL BARCO DE ÁVILA, ESPANHA

por mmsfr, em 01.11.10

Quando ficámos em Becedas, visitámos também El Barco de Ávila.

O nosso principal motivo de visita é pela oferta de comércio que aqui existe e que em Becedas é práticamente inexistente. Aqui podemos comprar carne, legumes, enchidos, etc.. ou comer umas tapas em qualquer um dos cafés nas ruas principais. 

O maior ponto de encontro é a tradicional Plaza Mayor onde há maior concentração de comércio, tanto na própria praça como das ruas circundantes. Só tive pena de a ter visitado já numa época mais complicada em termos meteorológicos, no Verão de certeza que é mais animado até porque muita gente da "terra" regressa das grandes cidades para passar uns dias. 

Para além da Plaza Mayor, outra das atracções de El Barco de Ávila é a sua ponte romana ou ponte velha, na realidade ela é da época medieval século XII e foi reconstruída várias vezes mas sempre com o seu traçado de ponte romana.

Composta por oito arcos, ajuda a travessia sobre o rio Tormes e é sem dúvida uma excelente protagonista para quem gosta de fotografar.

Outro ponto de interesse é a Iglesia de la Asunción, á hora que fomos já não podíamos visitar e também não percebi se a torre estaria aberta, se sim deve proporcionar uma excelente vista do municipio. 

De volta á Plaza Mayor, passámos numa loja que está aberta (como a placa indica) desde 1902, estamos a falar de mais de 100 anos a vender as famosas "judias" (feijões) de El Barco de Ávila.  As Judias Coronado são passagem obrigatória para quem visita a vila.

A variedade que existe de feijões tem aqui a sua melhor montra, além disso ficámos a saber que as "judias" têm regiões denominadas como se faz por exemplo com o vinho e com o queijo por exemplo. Vi aqui feijões de um tamanho que nunca pensei existir de tão grandes que eram, por exemplo a "fabada asturiana" utiliza um feijão bastante grande, digamos que é muito nutritiva. 

Nesta mesa de exposição estão identificados os vários tipos de feijão que se vendem na loja e para além disso, ainda se vende a granel, se bem que têm sacos de 1kg já feitos para maior comodidade. Mas quem vem aqui comprar gosta mesmo de se servir do que quer e prefere assim, como se pudesse escolher o feijão. 

 

Aqui podem comprar-se todos os ingredientes para uma "fabada" ou feijoada, desde os feijões passando pelos enchidos e sem esquecer o pimentão doce. Além disso ainda nos oferecem a receita típica da região. 

Ainda que o seu principal negócio seja os feijões, a verdade é que a loja vende todo o tipo de produtos regionais e alguns de gourmet. Foi sem dúvida um dos pontos de maior interesse ao visitar El Barco de Ávila. 

Por último (com foto desfocado) vimos o Castelo de El Barco de Ávila ou de Valdecorneja, nome de uma das familias a habitá-lo.

Actualmente pertence á Duquesa de Alba que segundo nos contou um local abre de vez em quando o Castelo ao público para actividades lúdicas ligadas ao municipio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930