Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



COIMBRA, PORTUGAL

por mmsfr, em 01.12.09

Hoje conhecemos...Coimbra!
Construída numa colina com vista para o Mondego, Coimbra é um poço de história que nos encanta desde o primeiro momento. Uma das histórias que mais gosto, ainda que seja um tanto ao quanto trágica é a da Inês de Castro e hoje pode-se disfrutar da Quinta das Lágrimas como visitante ou como hóspede no seu hotel, com direito a aproveitar um SPA.


Já estive várias vezes em Coimbra, aliás uma das viagens que fiz de liceu foi a esta cidade e ficámos hospedados na Cúria. Lembro-me que fomos ao Portugal dos Pequeninos e andámos um pouco pela cidade. As outras visitas foram mais a trabalho e finalmente, tirei algum tempo para realmente conhecer Coimbra, como ela merece.
O nosso percurso começa ao atravessar a ponte de Santa Clara por cima do Rio Mondego e onde vemos algumas pessoas a fazer remo. No Verão há uma série de actividades nas margens do rio.

Uma das principais ruas de comércio de Coimbra é a Ferreira Borges, começa na Avenida Emidio Navarro e termina na Praça 8 de Maio. Esta rua pedestre é famosa pelo o seu comércio, onde ainda se mantém algumas lojas antigas e tradicionais, algumas pastelarias e a cafés, assim como as lojas que já estamos habituados a ver nos shoppings como a Zara e a Mango.

 

 

Mas passear nesta rua não oferece apenas a oportunidade de ver montras e conhecer as lojas, podemos apreciar a arquitectura e também alguns edificios históricos que muito contam sobre a cidade.

Temos por exemplo o Arco de Almedina, cuja passagem nos oferece um bilhete de uma viagem no tempo, a partir daqui começamos a subir a colina e conhecemos a Coimbra antiga, dos reis e das rainhas, dos fados e dos poemas.

Paragem obrigatória na Praça 8 de Maio para visitar a Igreja de Santa Cruz, local onde estão sepultados D. Afonso Henriques e D. Sancho I, túmulos que não conseguimos visitar e nem conseguimos perceber muito bem onde estariam, entrámos na hora da missa o que nos complicou um pouco a visita.

A igreja data do século XII mas adquire o seu estilo Manuelino, quando D. Manuel I decide reformá-la. Funcionava também como Mosteiro e aqui estaram alguns ilustres portugueses da época.

Mas mesmo ao lado da igreja, numa planta superior estava um café que áquela hora tinha Fado de Coimbra ao vivo e quando entrei, pensei: "Este é o meu tipo de santuário!" Estávamos no famoso Café de Santa Cruz.

Recomendo vivamente a entrar, beberem um copo de vinho (ou cerveja para quem não gosta de vinho, como eu) e ficar a aproveitar a música, seja sentado ou de pé, porque em saraus como aquele estão sempre cheios.

Estava já a anoitecer mas ainda tivémos tempo para nos "perdermos" um pouco pelas ruas de Coimbra, visitar a Sé que não tenho muitas fotografias dignas de destaque porque chovia e mesmo por dentro, era muito escuro para fotografar.

A nossa visita termina na zona das faculdades da Universidade de Coimbra. Fomos até ao edificio da reitoria e onde tínhamos uma fantástica vista da cidade, pena já ser de noite e não estarmos a perceber muito bem o que estávamos a ver, mas enfim.

Descemos depois para ir á parte baixa da cidade e jantámos num restaurante conhecido que é o "Nacional", onde a grande especialidade da casa são os filetes de tamboril com arroz de berbigão, eu diria que a especialidade é mesmo a simpatia do atendimento. Parece que somos da familia, chegaram a mostrar-nos uma outra sala que tinha sido renovada e contaram um pouco da história do restaurante. Convém salientar, que fomos a uma hora em que não tinham ninguém (19h30) e foi recomendado por uma local, acho que esses dois factores ajudaram à simpatia.

A comida estava óptima, e quando veio a conta pedi para conferir, comemos tanto mas tanto que no final deu 15€ a cada um.

A seguir no nosso roteiro estava uma passagem pelo "A Capella", etava ansiosa por conhecer o espaço e ouvir o fado, mas já era tarde demais e batemos com o nariz na porta! O "A Capella" é de facto uma capela (para quem não conhece), pelo meio da multidão consegui espreitar lá para dentro mas foi complicado, o espaço é muito pequeno mesmo e tivémos que sair.

Acabámos a beber umas caipirinhas num simpático bar na rua de cima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031