Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MERCADO QUAI ST-ANTOINE, LYON, FRANÇA

por mmsfr, em 24.05.11

Folheando os guias de viagem de França em quase todos recomendavam uma visita aos mercados das principais cidades, mas um dos que vi que mais recomendavam era este na Quai Saint-Antoine em Lyon. Esta capital da alta cozinha tem a sua base nestes mercados, os melhores "chefs" procuram ali os alimentos mais frescos para preparar os seus pratos mais elaborados, directamente do produtor.

Lyon é uma cidade fantástica não tenho dúvidas, mas para mim o seu principal encanto estava neste mercado e nas suas animadas ruas repletas de restaurantes que davam vontade de fazer um roteiro gastronómico que depois exigiria uma dieta rigorosa.

Começámos o nosso percurso pela bancada das ostras, creio que será indispensável num mercado do género, mas o que gostei mais é que as pessoas escolhiam ali o marisco fresco e o café em frente preparava ou cozinhava ao gosto do cliente, as ostras por exemplo comem-se com sumo de um limão, vimos que para alguns dos trabalhadores do mercado, esse era o seu almoço.

Outro bem indispensável é o queijo, aqui dava vontade de perder a cabeça e comprar um pouco de todos, mas como a nossa viagem era de carro e ainda íamos demorar a chegar a casa tivémos medo que algo pudesse estragar a sua qualidade.

 

 


As frutas e as verduras tinham uma apresentação impecável, vi por lá legumes que nunca tinha visto ou utilizado na minha vida, ali os clientes compravam bastante. Depois haviam barraquinhas que vendiam bolos, frangos assados e até uma de tapas. Numa delas comprámos um bolinhos que pareciam uns scones mas eram salgados, foram o nosso almoço enquanto tentávamos ganhar tempo e terreno viajando de carro em direcção á próxima cidade a visitar.


Por último, não podia deixar de falar das plantas e flores, se a fruta e os legumes já dão cor ao mercado, as flores então enchem-no de alegria. Tal como os queijos eu tinha vontade de comprar flores mas enfim...

 

 


Um pouco pelas ruas víamos os que iam e vinham do mercado com as suas cestas de verga, uns iam a pé outros de bicicleta. Eram a imagem típica que temos da vida numa cidade francesa, um rio, um mercado de produtos frescos, bicicletas e também me lembra um pouco Itália. Depois de visitar este mercado vou sem dúvida visitar o da minha terra, não apenas para comprar o mais fresco mas porque caminhar por eles é uma das experiências mais autênticas que se pode ter numa cidade.

 

VER GUIA DA CIDADE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031