Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



IGREJA DE S. INÁCIO DE LOYOLA, ROMA, ITÁLIA

por mmsfr, em 25.07.11

Na impossibilidade de visitar a Capela Sistina no Vaticano (por falta de tempo e paciência para aguentar as intermináveis filas), achámos que visitar a Igreja de S. Inácio ajudaria a compensar essa falta.

Sem filas para entrar e a uns 5 minutos a pé (nem tanto) do nosso hotel pareceu-nos ser uma preciosidade ofuscada pela famosa capela com frescos de Miguel Ângelo.

Se calhar estamos a comparar a formiga ao elefante, não sabemos porque só visitámos a igreja de qualquer forma esta deixou-nos impressionados. Ficámos encostados á sua porta a apreciar o tecto coberto com os frescos de Andrea Pozzo, não nos conseguimos mover durantes uns bon minutos e só as dores no pescoço nos obrigaram a explorar outras partes da igreja.

 

Construída no século XVII em honra do fundador da Companhia de Jesus (dos jesuítas), Inácio de Loyola após a sua canonização pelo Papa Gregório XV. Se pensarmos que S. Inácio fundou uma das maiores ordens religiosas do mundo eu diria que esta igreja é sem dúvida uma das maiores homenagens que se lhe poderia prestar.

Reconhecemos algumas figuras bíblicas nos vários frescos pintados nos tectos como o David segurando a cabeça de Golias na mão.

Os frescos do altar-mor continuam a deixar-nos impressionados, mais uma parte história do Santo Inácio é ali retratada, o momento em que recebeu o chamamento divino e o seu encontro com Francisco Bórgia.

Voltamos a dar um descanso ao pescoço e vemos as várias capelas nas laterais da nave da igreja. Outro dos monumentos impressionantes é o mausoléu do Papa Gregório XV e do seu sobrinho o Cardeal Ludovisi, ambos responsáveis pela construção desta igreja. 

 

A sua distância até ao Panteão é muito curta e a julgar pelo escasso número de turistas que a visitavam anda um pouco fora dos mapas turísticos de Roma. Sendo que a cidade tem muitos e grandiosos monumentos entendo que acabe por passar um pouco despercebida mas se um dia voltar a Roma (e para isso lá atirei uma moedinha na Fonte de Trevi) espero voltar aqui outra vez.

Sem filas, sem pressa para poder disfrutar e contemplar. 

A "piazza" onde está localizada tem o seu nome e muito charme. Um dos edificios alberga os "carabineri" e vemos apenas um restaurante com esplanada ali.

 

 

VER GUIA DA CIDADE:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31