Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CALLE MAYOR, MADRID, ESPANHA

por mmsfr, em 22.10.11

Para quem visita a parte mais antiga de Madrid, a Calle Mayor é essencial uma vez que faz a ligação entre o Palácio Real e Catedral de Almudena até á Plaza Mayor e a Puerta del Sol. Uma rua que junta alguns dos principais pontos de interesse da cidade.

 

Também por isso, percorrê-la é garantir mais conhecimento sobre a história de Madrid já que é das ruas mais antigas. Ganhou maior relevância durante os reinados dos Habsburgo no século XVI. 

 

Fizémos o percurso vindo da Calle Bailén onde tínhamos visto a Catedral e subimos a rua até á Puerta del Sol. Pelo caminho são vários os pontos relevantes desta rua que foi uma zona onde comerciantes, sapateiros, artesãos estabeleceram os seus negócios. Hoje em dia tem maior interesse turístico e já não é a principal zona onde os locais fazem as suas compras ou entram num bar para comer, pelo menos não nesta parte inicial da rua.

Passamos pelo monumento dedicado ás vítimas do atentado que teve lugar nesta rua no ano de 1906. Aconteceu quando tentavam assassinar o Rei Afonso XIII e a sua esposa Vitória Eugénia no dia do seu casamentos. Os reis seguiam numa carruagem e o atentado acabou por fazer 23 mortos e 100 feridos. Em sua memória o anjo ajoelhado relembra o fatídico dia em que o ramo de flores se tornou uma bomba. 

Do mesmo lado mas mais á frente encontramos a Plaza de la Villa, uma das mais antigas da cidade, lugar da antiga Câmara Municipal de Madrid instalada na Casa de la Villa. Hoje em dia a sede do "Ayuntamiento" de Madrid está no (renovado) Palácio das Comunicações na belíssima Praça de Cibelles.

Também na praça está um monumento a Álvaro de Bazán y Guzmán, um homem da confiança do Rei Filipe II (Filipe I de Portugal) que se destacou em batalhas como a de Lepanto e na que deu lugar á ocupação da ilha Terceira nos Açores. Curiosamente morreu em Lisboa durante os preparativos da grande armada, o grande plano do Rei Filipe II para destronar a Rainha Isabel de Inglaterra.

Gostámos também da fachada, principalmente da porta do edificio da Real Academia das Ciências Morais e Políticas. 

As lojas dos antigos artesãos dão lugar a lojas de "recuerdos" ou "souvenirs" da cidade de Madrid que vão desde as bonecas sevilhanas aos imans de paella, passando para os postais do Real Madrid com fotos do José Mourinho, do Cristiano Ronaldo e do resto do plantel.

 

Sempre que comprei brindes de Espanha, fi-lo neste rua tanto no inicio como na zona da Porta do Sol onde também há muitas lojas. Pelo caminho encontramos um Cruz Blanca, um restaurante de tapas onde comemos pela primeira vez as "patatas revueltas con jamón" e os "calamares con salsa ali-oli". No terá as melhores tapas de Madrid, mas é uma aposta sempre segura.

A caminho da Puerta del Sol, encontramos do lado direito o Mercado de San Miguel (do qual falamos noutro post) e a Plaza Mayor. Sabemos que estamos a aproximar-nos de uma das zonas mais movimentadas de Madrid porque os passeios da Calle Mayor começam a tornar-se pequenos para tanta a gente a circular. 

 

VER GUIA DA CIDADE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53




Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031