Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


EL ESCORIAL, ESPANHA

por mmsfr, em 08.08.10

Hoje conhecemos o "Real Monasterio de San Lorenzo de El Escorial", se o nome é longo imaginem o mosteiro em si.

 

Talvez seja maior que os Jerónimos nem sei bem, não tenho noção. Depois da grande caminhada de ontem em Segóvia decidimos que eu precisava de queimar mais umas calorias e lá fomos visitar o modesto mosteiro, aproveitámos também o tempo mais cinzentão e fresco para o fazer.
O El Escorial fica a uns 35 minutos de Madrid e assim que chegamos ao centro, vemos logo o imponente mosteiro e a sua cúpula. Depois de estacionar e ao chegar perto do mosteiro, a primeira imagem é para mim das mais bonitas que tem e das que mais se vê em foto que é a vista da parte dos jardins e do lago. Aproveitei logo para tirar umas quantas fotos.


A entrada no jardim é gratuita, não há muito para dizer sobre isso, é um jardim como faziam antigamente, não o achei particularmente bonito mas ainda era grande e só estava virado para metade do Mosteiro, imaginem o tamanho se fosse todo á volta...o tempo acabou por se virar contra nós e começou a chover, buscámos abrigo na fila da bilheteira, onde comprámos bilhete para visitar o interior, mas como bom monumento turistico, nada estava bem explicado, a placa de preços tinha muita informação e muito misturada, acabámos por não comprar o que dava acesso ao Panteão onde estão sepultados os reis, o que depois de muito caminhar e ver umas 5 salas de quadros, me fez pensar se os 8€ estavam a valer a pena. Valem...a verdade é que valem. Não vimos os túmulos dos reis mas vimos os dos filhos...e eram tantos, muitos morreram muito cedo, algo muito comum para a altura, infelizmente.

 

Um dos muitos pontos de interesse que podemos ver no El Escorial é por exemplo o quarto do Rei D. Felipe II de Espanha (I de Portugal), cuja cama era minúscula e onde ele morreu. Dizem que ainda demorou uns dois meses a morrer, até lá ficou a definhar naquele pequeno espaço. Um homem tão poderoso com uma morte á sua medida, poderosa, vil, cruel.

Um outro ponto que eu gostei e onde ainda fiquei um pouco sentada a contemplar foram os frescos da escadaria principal.

Como tivémos o "azar" de não comprar os bilhetes correctos acabámos por não ter acesso nem ao Panteão nem á Basílica. Frustrante!

A seguir á visita fomos almoçar, haviam vários restaurantes com aspecto muito turistico mas optámos por um com aquele aspecto de quem vai-nos servir comida caseirinha, se é que o conceito existe aqui?!? Além de que estamos um pouco "hartos" de pagar loucuras para comer uma simples refeição que sabe a metade do que seria em Portugal.

No final, comemos relativamente bem, num espaço agradável e por um preço mais que razoável. Missão cumprida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:42



Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos


Posts mais comentados



Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031