Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PRAÇA DE SAINT-NAZAIRE, CARCASSONNE, FRANÇA

por mmsfr, em 07.11.12

A história da nossa visita a Carcassonne teve um aspecto curioso e algo trágico ao mesmo tempo. Passeávamos nós pelo Castelo quando vimos ao longe o Hotel de la Cité com um terraço convidativo, na altura vimos fumo a sair e achávamos que era uma chaminé do restaurante do hotel ou até um churrasco ao ar livre.

Quando caminhávamos em direcção á Basílica de Saint-Nazaire para nosso espanto vemos um pequeno grupo de curiosos e um grupo de empregados desesperados e ouvíamos as sirenes de bombeiros, não era uma chaminé, era um incêndio. Mais tarde encontrei a noticia e soubémos que uma parte importante deste histórico hotel foi destruída.

A experiência em si não retirou do nosso pensamento o quão pitoresca era esta pequena praça e também importante, porque para além do hotel está a Basílica (que não conseguimos visitar) e um dos restaurantes mais famosos da Cité, o Chez Saskia. Está também uma loja de "souvenirs" a Trouvailles.

Segundo li não houve feridos a registar apenas danos materiais, alguns dos quais não se recuperarão e faziam parte da riqueza histórica do hotel e da cidade.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:01

PLACE DU CHATEAU, CARCASSONNE, FRANÇA

por mmsfr, em 06.11.12

Carcassonne é um lugar especial, com as suas raízes medievais bem conservadas e pitorescas praças como esta do Chateau.

Ao centro da praça está o busto de Jean-Pierre Cros-Mayrevieille, o homem que não cruzou os braços quando viu que queriam demolir a cidadela (o que restava pelo menos) medieval. Nasceu em Carcassonne, era historiador e arqueólogo que conseguiu que a Basílica de Sta. Nazaire fosse preservada e foi o grande impulsionador da reconstrução da antiga Cité e graças a ele, hoje podemos visitar Carcassonne, o lugar que dizem ter inspirado contos de fadas como o da Bela Adormecida.

O que a mim me impressionou nesta praça é que não sendo muito grande consegue ter um pouco de tudo, desde pequenos hotéis, a lojas de souvenirs, passando por restaurantes onde podemos provar a comida típica da região como "cassoulet" e sentarmo-nos na esplanada a apreciar o ambiente. Tem ainda uma loja de roupa Le Blé en Herbe, com roupa de algodão 100% natural.

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:59

PLAZA DOS DE MAYO, MADRID, ESPANHA

por mmsfr, em 26.10.12

Para quem vive em Madrid será uma da praças mais emblemáticas e talvez polémicas. No ano de 1808 e no dia 2 de Maio os madrilenhos iniciam a sua revolta contra a ocupação francesa dando origem á guerra peninsular.

Está no boémio bairro de Malasaña que tem também um história curiosa ligada á ocupação francesa já que o bairro recebeu ese pela morte de uma famosa costureira que se chamava Maria Malasaña, assassinada pelos franceses nesse mesmo dia com a desculpa de estaria armada e por isso pertencia á revolta.

Desde então o bairro e esta praça em particular têm muitas histórias para contar e na década de 1980, muitas delas não eram das melhores. Ali nasce a "movida" e também uma zona de drogas e decadência que lhe conferiu durante muito tempo uma personalidade mais dura. Hoje o bairro renasceu das cinzas, é um dos mais requisitados de Madrid e com ele a Plaza dos de Mayo, com as suas agradáveis esplanadas, parques infantis (são pequenos mas têm um em cada canto da praça) e este mercado o Dosde Market que se realiza aos Sábados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:23

PIAZZA DELLA FRUTTA, PÁDUA, ITÁLIA

por mmsfr, em 25.10.12

Podia ser a Piazza della Ragione já que a dividi-la da Piazza Erbe está o Palazzo della Ragione mas é o mercado da fruta que ainda hoje ali decorre que lhe dá o nome. Nem precisamos procurar muito para a encontrar basta ver de onde vêm as pessoas com os saquinhos e todos os dias (excepto Domingos) se montam as bancadas que vendem fruta, verduras e até roupa.

Ia cheia de vontade de fotografar um dos monumentos mais famosos de Pádua: o Palazzo della Ragione mas foi impossível fazê-lo e cheguei a culpar o mercado por isso. Entre tendas e carrinhas alinhadas de forma pouco ordenada, perdíamos a visão do Palazzo no seu todo mas ao andar por esses corredores rápidamente nos esquecemos e o novo objecto da nossa lente passou a ser as coloridas bancadas de frutas e verduras da região. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07

PLAZA DE SANTA ANA, MADRID, ESPANHA

por mmsfr, em 11.10.12

click here for the english version

É uma das nossas praças preferidas, um lugar que sempre recomendamos a amigos que nos vêm visitar para almoçar ou jantar. Tem tudo para garantir um dia de entretenimento, um parque infantil, um hotel com uma espectacular (e concorrida) esplanada no último andar, um teatro e esplanadas de bares onde se pode tomar umas "cañas" e comer umas tapas aproveitando o bom tempo.

Foi construída no inicio do século XIX e os seus edificios mais importantes são o do Hotel Reina Victoria (Hotel ME do grupo Mélia) e o Teatro Espanhol, estão em pontas opostas na praça. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31

PLAZA DE LA PAJA, MADRID, ESPANHA

por mmsfr, em 09.10.12

Tenho alguns guias sobre Madrid e em nenhum (ou quase) vi referências especiais a esta praça, é uma pena ou talvez uma oportunidade. Ainda assim quem vive na cidade conhece-a bem pelas esplanadas dos seus famosos bares e restaurantes. É animada durante o dia mas mais ainda durante a noite.

Delic é um desses bares, esse sim vem recomendado nos guias como um bar onde tomar um bom "mojito". Mas há muito mais nesta praça, outros restaurantes, bom ambiente e mais um pedaço da história de Madrid. Está no bairro de La Latina e na época medieval era uma das mais importantes da cidade e era o lugar de residência de algumas das mais influentes familias. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:07

PIAZZA FARNESE, ROMA, ITÁLIA

por mmsfr, em 04.10.12

Passeávamos pelo Campo di Fiori quando sei olhar para o mapa entrámos por uma rua que nos levou até a esta praça. Sabíamos que era uma praça importante mas depois de ler a placa tivémos a confirmação: Farnese, uma das mais influentes e poderosas famílias de Itália.

E o seu nome vem do Palácio Farnese que está ao centro da praça e é a sua principal atracção. A sua construção foi ordenada pelo Cardeal Alessandro Farnese (que mais tarde viria a ser Papa) a 1514 e Antonio da Sangallo foi quem iniciou a obra mas morreu antes de a ver terminada. É por esse motivo que Michelangelo entra no projecto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:04



Google Translator


Guia de Cidades


Quantos visitaram II


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Onde Vivemos




Flag Counter

Follow on Bloglovin

Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031